script src='https://ajax.googleapis.com/ajax/libs/jquery/1.7.1/jquery.js' ad> PORTAL DO MARIVALDO
h

Dicas infalíveis para combater o soluço recomendas pelos médicos

Os soluços acontecem quando o nervo vago ou uma de suas ramificações, que vai do cérebro para o abdômen, fica irritado. Especialistas dizem que os soluços são na maioria das vezes uma reação a distúrbios digestivos comuns. Uma forma de conter os soluços é inundar o nervo vago com outra sensação. O nervo vago envia sinais ao cérebro que existem coisas mais importantes acontecendo e então é hora de acabar com os soluços. Outros métodos interferem na respiração, aumentando a quantidade de dióxido de carbono no sangue. Isso provavelmente faz com que o corpo fique mais preocupado em se livrar do dióxido de carbono do que criar soluços. as seguintes dicas são recomendadas pela própria medicina:
 1) Engolir uma colher de açúcar
Esse ato sobrecarrega as extremidades do nervo na boca com uma sensação doce. Essa sensação vai ocupar o cérebro imediatamente com outras reações. Experimente também o açúcar na parte de trás da língua, onde sentimos o gosto “azedo”. Assim a sobrecarga de açúcar dará mais resultado!
2) Tapar ouvidos
Alguns médicos recomendam que você tape os ouvidos para parar os soluços. O nervo frênico tem ramificações que chegam à região do sistema auditivo. Ouvidos tampados fazem com que essa área seja estimulada, e o nervo volta a funcionar bem.
3) Levar um susto
Apesar de ser a técnica do tempo da vovozinha, isso funciona! O susto ativa o nervo vago e coloca um ponto final nos soluços. Segundo especialistas a descarga de adrenalina coloca o organismo em estado de atenção e distrai o cérebro do problema do nervo irritado.
4) Beber ou gargarejar água
Engolir ou gargarejar com água também é uma ótima técnica, pois acalma e ocupa o nervo frênico com uma nova utilidade.
 
5) Fazer careta
Fazer careta esticando a língua também pode parar os soluços.
6) Prender a respiração
Prender a respiração também funciona, pois aumenta a quantidade de CO2 no sangue, e esse problema se torna mais urgente a ser resolvido pelo organismo. Dá tão certo quanto respirar dentro de um saco de plástico, pelo mesmo motivo. Fazer careta esticando a língua também pode parar os soluços.
7) Receber cócegas
Receber cócegas também funciona de forma parecida com o susto. O alerta disparado pelo cérebro deixa o problema do nervo em segundo plano.
8) Massagem anal com o dedo
Essa técnica foi publicada em uma revista médica científica como a forma mais eficiente de tratar soluços, superando inclusive O uso de fármacos.  O artigo rendeu o IgNobel de medicina em 2006, portanto, se nada acima resolver, mãos à obra!
9) Respirar no saco
Acredita-se que a antiga técnica de emergência de respirar em um saco de papel funcione com base no mesmo princípio do método de prender a respiração. Ambos aumentam a quantidade de dióxido de carbono na corrente sanguínea e o corpo fica preocupado em se livrar deste e esquece dos soluços.
10) Cheirar pimenta do reino
Cheirar um pouco de pimenta do reino vai induzir ao espirro e isso irá eliminar seu soluço na mesma hora!

Fonte: Diário de Biologia
MARIVALDO LIMA

ZUMBA É NA AABB DE PARNAÍBA

A moda do momento é um ritmo alucinante de se dançar, liberar todas as energias, emagrecer e se sentir feliz. Estamos falando da Zumba, um ritmo mais, que praticado nas academia de todo o mundo e não poderia ser diferente em nossa cidade.

Pensando nisso a AABB/PARNAIBA, junto com a Educadora Física Laelcia Morais, estão em parceria e trabalhando melhor a saúde da mulher parnaibana. Proporcionando descontração uma melhor opção de vida, lazer e em especial trabalhando melhor a saúde.







A acadêmia funciona na AABB/PARNAIBA, nos seguintes  horários :

  • TERÇA; Nos horários de 17:00, 18:00 e 19:00hs
  • SEXTA: de 16:00, 17:00,18:00 e 19:00hs.
  • PREÇOS: 
  • Usuário: R$ : 35,00
  • Associado: R$ : 30:00
Venha conhecer um trabalho feito com amor e dedicação, onde o mais importante é seu bem estar.

MARIVALDO LIMA



Dunga convoca seleção para Copa América com sete jogadores que atuam no Brasil

O técnico da seleção brasileira, Dunga, convocou na manhã desta quinta-feira, no Rio de Janeiro, os 23 jogadores que disputarão a Copa América Centenário, entre 3 e 26 de junho, nos Estados Unidos.
Sete dos convocados têm idade olímpica e outros sete atuam no futebol brasileiro. A principal ausência é de Neymar, que já havia sido adiantada na pré-lista com 40 nomes da semana passada.
Ederson, Fabinho, Marquinhos, Rodrigo Caio, Douglas Santos, Rafael Alcântara e Gabriel, o "Gabigol" do Santos, serão testados na competição especial antes dos Jogos. Além do time da Baixada Santista e do São Paulo, Corinthians, Internacional e Atlético Mineiro também cederam atletas para a competição.
Nove serão as rodadas em que esses jogadores irão desfalcar seus times caso o Brasil chege à final da competição.
Durante a coletiva, Dunga informou que "aceitou" diversas sugestões recebidas "da imprensa e da torcida" para "ampliar o leque" de possibilidades de testes para a equipe principal.
Sobre o peso da vitória, o treinador ainda disse que a seleção brasileira "sempre precisa" entrar para vencer as competições que disputa.
"Todos que integram a seleção brasileira têm compromisso com a vitória. Sem pressão e compromisso, você não realiza nada. É um desafio que temos que ter constantemente, de melhorarmos como pessoa, profissional, fazer sempre o melhor. Quando você veste essa camisa, só podemos pensar em vencer. Respeitamos os adversários, mas temos esse compromisso", disse aos jornalistas.
O ex-goleiro do São Paulo Rogério Ceni será o auxiliar técnico pontual durante a Copa América Centenário. Antes, o ex-meia Juninho Paulista, presidente do Ituano, desempenhará a função até o amistoso contra o Panamá, dia 29. O presidente do Flamengo Eduardo Bandeira de Mello, será o chefe da delegação.
Depois de se apresentar em Los Angeles no dia 23, a equipe de Dunga fará um amistoso contra a seleção do Panamá no dia 29 de maio, em Denver. Na Copa América, o Brasil está no Grupo B e vai enfrentar o Equador, no diia 4 de junho,  Haiti, no dia 8, e Peru, dia 12.
Confia abaixo a lista completa dos 23 convocados:
Goleiros: Alisson (Internacional), Diego Alves (Valencia) e Ederson (Benfica);
Zagueiros: Miranda (Inter de Milão), Gil (Shandong Luneng), Marquinhos (PSG) e Rodrigo Caio (São Paulo);
Laterais: Daniel Alves (Barcelona), Fabinho (Monaco-FRA), Filipe Luís (Atlético de Madrid) e Douglas Santos (Atlético-MG);
Volantes: Casemiro (Real Madrid), Elias (Corinthians), Rafinha Alcântara (Barcelona) e Luiz Gustavo (Wolfsburg);
Meio-campistas: Renato Augusto (Beijing Guoan), Willian (Chelsea), Phillipe Coutinho (Liverpool) e Lucas Lima (Santos);
Atacantes: Douglas Costa (Bayern de Munique), Ricardo Oliveira (Santos), Gabriel (Santos) e Hulk (Zenit).

Fonte: IG
MARIVALDO LIMA

Derrotas para times da Série C na Copa do Brasil tiram R$ 800 mil do Flamengo



As derrotas para Confiança, no Sergipe, e Fortaleza, no Ceará, não afetaram apenas o calendário do Flamengo. A realização dos jogos de volta na Copa do Brasil também impediram o clube de lucrar com os bons públicos no Nordeste do país, tirando R$ 800 mil que poderiam entrar em seus cofres.
Segundo o regulamento da Copa do Brasil, caso o clube visitante elimine a segunda partida do duelo, vencendo por a ida por dois ou mais gols de diferença, tem direito a 60% da renda líquida do confronto.
A derrota por 1 a 0 para o Confiança, time da Série C do Campeonato Brasileiro, em Aracaju, teve R$ 741,1 mil de renda líquida, valor que ficou todo para os anfitriões. Em caso de classificação naquela partida, o clube rubro-negro embolsaria quase R$ 445 mil.
A partida de volta, no Rio de Janeiro, foi realizada em Volta Redonda. O boletim financeiro do triunfo do Flamengo por 3 a 0 não está disponível no site oficial da CBF, mas renda do jogo foi de R$ 84.860. No Campeonato Carioca, duelos com valores semelhantes renderam prejuízo aos cofres rubro-negros.
Com o Fortaleza, outra equipe da terceira divisão, a derrota por 2 a 1 também ainda não tem o borderô publicado no site da CBF, mas a renda foi de R$ 900.597. Se o valor líquido for 60% disso - relação mais baixa, por exemplo, aos descontos da partida em Aracaju -, o time cearense receberá R$ 540,3 mil.
Se tivesse vencido e eliminado a volta, o Flamengo novamente ficaria com 60% da renda obtida no Nordeste, ou seja, pouco mais de R$ 324 mil. Ainda que se despreze o prejuízo em Volta Redonda, são R$ 769 mil pelo caminho.
Precisando vencer para se classificar, o Flamengo vai encarar o Fortaleza novamente no Raulino de Oliveira, em partida marcada para o dia 18 de maio.

Fonte: ESPN
MARIVALDO LIMA

Protesto impediu professora do Piauí de ser 5ª condutora da tocha olímpica



Primeiros condutores da tocha prontos para o revezamento em Brasília (DF). Aurilene aparece na fila da frente
Fábio Lima e Rayldo Pereira
fabiolima@cidadeverde.com
rayldopereira@cidadeverde.com
Na manhã ensolarada de terça-feira (4) em Brasília (DF), a jogadora de vôlei Fabiana Claudino iniciou o revezamento da tocha olímpica pelo Brasil. Depois dela, o fogo foi conduzido pelo matemático Artur Ávila Cordeiro de Melo, o jovem carateca Gabriel Hardy e o ginasta Ângelo Assumpção. Em seguida, seria entregue para a professora Aurielene Vieira de Brito, diretora da Unidade Escolar Augustinho Brandão, de Cocal dos Alves (PI). 
Seria. Havia um protesto no meio do caminho. 
- Eu era uma das 10 primeiras convidadas para fazer o revezamento da tocha. Estava tudo certo. O ônibus pegou todos os revezadores e cada um tinha que ficar em um determinado local para esperar a chama. Mas quando chegou na minha vez de receber, os manifestantes invadiram o comboio. Foi um tumulto. Na hora que eu tinha que pegar o fogo, era muita gente gritando e com cartazes. Depois que tudo passou foi que me explicaram que por medida de segurança, porque eu corria risco em meio aos manifestantes, preferiram desviar a rota da tocha.
Quando foi a vez da condutora seguinte, a refugiada síria Hanan Khaled Daqqah, o revezamento seguiu seu curso normal, ainda que os cartazes de protestos continuassem a seguir o revezamento da tocha. 
- Era uma organização monstruosa. Tinha até gente de fora do Brasil. Mas eu percebi que às vezes o policiamento não sabia direito onde ia ficar cada pessoa e fiquei um pouco decepcionada.
Aurilene foi convidada para representar o sucesso da escola do Norte do Piauí, que superou diversas dificuldades e se tornou uma das melhores do país, com desempenho excepcional em Olimpíadas de Matemática e Química. 
Um exemplo que seria levado para todo o mundo, como lamentou o próprio diretor executivo de Comunicação e Engajamento dos Jogos Rio 2016, Mário Andrada e Silva, em um pedido de desculpas entregue para a professora. 
- O próprio diretor da organização pessoalmente me trouxe uma carta explicando e pedindo desculpas, e eles ainda quiseram me colocar depois, em outra posição. Mas eu fiquei muito decepcionada e frustrada e não quero mais participar.  

Carta entregue para a professora pede desculpas e insiste para que ela
possa participar do revezamento em outra data. Aurilene diz que não quer
No primeiro dia do revezamento, o Cidadeverde.com havia procurado os organizadores do evento e foi informado que a professora não conduziu a tocha por um imprevisto, e que a participação de Aurilene poderá ser realocada para outra data. Hoje, de volta a Cocal dos Alves e com a tocha que ganhou de presente, ela reafirmou a posição de não participar mais. 
Na carta, o executivo explica que a medida foi tomada para preservar a segurança da professora. "A multidão poderia avançar sobre o comboio, o que seria muito perigoso." Andrada faz um pedido e insiste para que a diretora participe do revezamento. Cita que no meio esportivo "os erros são punidos com mais esforço numa segunda tentativa e nunca com a desistência."

Aurilene com a tocha que não foi acesa
É importante que os organizadores reconheçam os erros. Protestos já eram esperados em um evento de tamanha visibilidade e com a ebolução política que vive o Brasil. A carta ressalta que o revezamento da tocha olímpica é a maior operação logística da história do país. Começou nesta semana e vai durar três meses. A falha dos primeiros metros de conduzação da chama olímpica não merece ser repetida.
Mas o Cidadeverde.com se junta ao pedido do comitê organizador do evento. Até o início de junho, quando a tocha chega ao Piauí, há tempo de sobra para a frustração inicial ser dissipada, estimada diretora. Faça como este blog, tente levar na esportiva. Lembre-se dos professores, alunos e todas as pessoas que ajudam no sucesso da escola que tanto orgulha os piauienses. Todos que constrem a Unidade Escolar Augustinho Brandão merecem ser representados neste momento histórico do esporte brasileiro. 
Fonte: cidadeverde.com
MARIVALDO LIMA

Pesquisas: Gordinhos são mais felizes e têm melhor desempenho sexual

Que nossas características físicas são determinadas por vários genes, isto é algo certo. A ideia de que os fatores ambientais interferem na expressão dos genes também é dado como algo certo na atualidade. Mas ainda é controverso para a ciência o quanto os fatores genéticos interferem em questões emocionais e comportamentais, tais como a nossa opção sexual, a personalidade e os sentimentos. Apesar de atualmente sabermos que diversas doenças são relacionadas a fatores genéticos (como o câncer, a hemofilia, etc.), a relação entre os genes e doenças como depressão e ansiedade (das quais pouco sabemos sobre suas causas, que podem ser diversas, dependendo do histórico e modo de vida do paciente), ainda é pouco conhecida.
No entanto, com os avanços recentes na Genética Molecular, cada vez mais parece haver relações entre essas psicopatologias e os fatores genéticos. Em termos gerais, depressão é uma doença psiquiátrica, que produz uma alteração do humor, gerando uma tristeza profunda e constante, associada a sentimentos de dor, desesperança e baixa autoestima. Em uma sociedade em que, dentre muitos outros problemas, a busca pelo corpo perfeito é algo eminente, acreditaríamos que pessoas obesas tendem a ser mais propensas a estados depressivos, pois sofrem certos preconceitos e não se enquadram aos padrões impostos, certo? Errado!


Em estudos recentes, como o realizado pela Universidade de MacMaster (Canadá), aponta-se que pessoas obesas correm menor risco de entrar em depressão. Mas como isso ocorre? Isso se deve ao gene da obesidade (chamado FTO – “Fast-Obesity”). Em uma pesquisa com 17,2 mil amostras de DNA de pessoas de 21 países, cientistas descobriram que esse gene reduz em 8% as chances de ter depressão, ou seja, o mesmo gene que é culpado pela tendência de engordar, deixa as pessoas que o possuem um pouquinho mais felizes do que as outras. Curioso, não é?
Em outra pesquisa relacionada ao tema, pesquisadores da Universidade de Erciyes (Turquia), apontam que homens gordinhos também estão menos propensos a sofrer de ejaculação precoce, podendo, inclusive, durar cerca de 4 vezes mais tempo do que as pessoas em forma. E porque isso ocorre? Como sabemos, dois hormônios estão altamente relacionados com as questões sexuais: a testosterona e o estrogênio. Apesar do primeiro hormônio apresentar-se em maior quantidade nos homens, e o segundo nas mulheres, eles estão presentes, em quantidades diferentes, em ambos os sexos. E enquanto a testosterona está ligada a massa corporal magra, tamanho muscular e força, os níveis de estrogênio regulam o acúmulo de gordura. Por isso, o estradiol, um dos tipos de estrogênio, consequentemente mais presente em homens acima do peso, mexe com um balanço químico interno, o que leva a uma maior demora para chegar a ejaculação.
Para se ter uma ideia, na pesquisa, enquanto os participantes com IMC (Índice de Massa Corporal) normal demoravam, em média, 1,8 minutos para chegar ao ápice sexual, os gordinhos demoravam, em média, 7,3 minutos! Incrível, né? Pois é, sabemos que engordar pode trazer muitos problemas de saúde (cardíacos, hipertensivos, etc.) e não recomendamos que ninguém seja obeso. Mas uma coisa é fato: o preconceito com pessoas acima do peso é infundado! Esteja bem com o seu corpo, cuidando sempre da sua saúde, e saiba: gordinhos fazem sucesso! E você não precisa de um corpo “perfeito” para ser feliz!

Fonte: Diário de Biologia
MARIVALDO LIMA

Elba, Geraldo Azevedo, Paralamas e Gal Costa farão show em Pedro II

Atrações nacionais irrão se apresentar no palco principal do evento (Foto: G1)
Atrações nacionais irrão se apresentar no palco principal do evento (Foto: G1)
Festival de Inverno acontece entre os dias 26 a 29 de maio.  Evento está na 13ª edição e reúne público de vários lugares.
A organização do Festival de Inverno de Pedro II confirmou ao G1 nesta quinta-feira (5) as atrações que vão animar o evento. Dentre os nomes nacionais estão Elba Ramalho e Geraldo Azevedo, que sobem juntos para cantar em dueto, Gal Costa e a banda carioca Paralamas do Sucesso. O evento acontece de 26 a 29 de maio.
Elba Ramalho e Geraldo Azevedo se apresentam na primeira noite do festival. Gal Gosta é a atração principal da sexta-feira (27) abrindo os trabalhos no palco que receberá também a banda cover dos Beatles, Hey Jude, de São Paulo. No sábado (28), é a vez do pop rock dos Paralamas do Sucesso e ainda a banda Scalene (DF), que conquistou o segundo lugar no programa Super Star na seleção do ano passado.
O Festival que reúne milhares de pessoas do Piauí e de outros estados, e movimenta o comércio econômico e turístico na cidade da opala, está na sua 13ª edição. O lançamento oficial do evento deve acontecer na segunda-feira (9), no Palácio de Karnak.
Criado em 2004, o festival de inverno de Pedro II, vem ganhando luz no cenário musical e prestígio entre o público que, como o evento, também aumenta a cada edição. Pelo seu palco já passaram músicos famosos como: Hermeto Pascoal, Dominguinhos e Oswaldinho do Acordeon.
Também já subiram ao palco principal Renato Borghetti, Ithamara Koorax, Leo Gandelman, Yamandú Costa, Hamilton de Holanda, Danilo Caymmi, Rosa Maria Collin, Leila Pinheiro, Ivan Lins, João Bosco, Marina de La Riva Stanley Jordan, Maria Rita, Fernanda Takai, Zeca Baleiro e muitos outros artistas de peso que também mostraram seus talentos em solo Piauiense.
Com um clima agradável, o município de Pedro II oferece muitas emoções tanto para quem gosta de descanso, como para quem procura aventura. Plantada no meio de montanhas, o cenário pedro-segundense conta com cachoeiras, minas de opala, um rico artesanato em tecelagem e opala, e o seu casario colonial, herança da colonização portuguesa que confere à cidade um charme a mais.
Fonte: G1/Piauí
MARIVALDO LIMA

Leite materno é o melhor dos alimentos para bebês

O leite materno é o alimento perfeito para o bebê nos primeiros anos de sua vida. Por ser um alimento completo é essencial para a sobrevivência porque atende todas as necessidades nutricionais, imunólogicas, e psicológicas da criança.
narllyane farias
Segundo a nutricionista Narllyane Farias, o leite materno deve ser uma alimentação exclusiva para o recém-nascido; pois o uso de chás e outros alimentos oferecem risco de infecção ao bebê. Quanto a sucção destacou que quando saciada, a criança deixa o peito.
amamentaçãoJá com o uso de outras formulas como a mamadeira podem promover no bebê uma compulsão alimentar. O leite materno pode retardar patologias, diabetes ou outras doenças futuras. A amamentação fortalece vínculos e assegura saúde ao recém-nascido.

Fonte: portalcostanorte.com
MARIVALDO LIMA

Seduc reorganiza monitoramento escolar por meio do Mobieduca.Me

O Mobieduca.Me é um sistema que dispara uma mensagem SMS contendo o registro da vida do aluno para os pais.(Foto:João Pio)
O Mobieduca.Me é um sistema que dispara uma mensagem SMS contendo o registro da vida do aluno para os pais. (Foto:João Pio)
O mecanismo de monitoramento por meio do Mobieduca.Me agiliza o trabalho da Seduc, das GREs e das escolas.
Na manhã desta quarta-feira (4), a diretoria da Unidade de Gestão e Inspeção Escolar (Ugie) da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) se reuniu com a equipe do Mobieduca.Me para definir a nova forma de monitoramento das escolas que tiveram adesão total à greve e, ainda, o instrumental diferenciado para os professores grevistas lotados em escolas com adesão parcial.
Segundo a diretora da Ugie, Ana Rejane, cada escola teve um nível de adesão ao movimento grevista. Das 660 escolas da rede estadual de ensino, 52% não grevaram e vão seguir o calendário padrão que foi divulgado no início do ano junto com o edital de matrícula. Já, as escolas que aderiram ao movimento grevista, de modo total ou parcial, terão que fazer a adequação do calendário letivo acrescentando os dias de reposição.
“Essa reunião tem o objetivo de facilitar o trabalho de monitoramento. Por meio de um link, dentro do sistema do Mobieduca.Me, será disponibilizado o calendário destinado às escolas que participaram do movimento grevista para que sejam acrescentadas as datas de reposição. Ao mesmo tempo, vamos disponibilizar os formulários que essas escolas terão que preencher e que a Gerência Regional de Educação (GRE) e a Seduc vão utilizar para monitorar o cumprimento dos 200 dias letivos”, afirma a diretora Ana Rejane.
Nessa fase pós-greve, a palavra monitoramento é essencial para a Seduc, que estabelece um trabalho de parceria com os gerentes regionais e os gestores escolares para garantir escola de qualidade, cumprindo os dispositivos legais que tratam dos dias letivos e das horas/aulas dadas. A equipe de inspeção da Seduc já recebeu os calendários pós-greve das escolas e está verificando a consistência da reposição dos dias paralisados, o último passo será a devolutiva contendo o aval ou a necessidade de reordenamento do material apresentado.
O mecanismo de monitoramento por meio do Mobieduca.Me agiliza o trabalho da Seduc, das GREs e das escolas, e facilita a fiscalização dos órgão externos como o próprio Conselho Estadual de Educação e o Ministério Público do Piauí, que acompanham o cumprimento do calendário escolar.
“Quanto às escolas que tiveram adesão parcial à greve, o monitoramento será voltado a cada professor grevista. A escola vai receber uma ficha instrumental diferenciada que deverá ser preenchida com as atividades e dias letivos cumpridos pelo docente”, ressaltou Luíza Solano, coordenadora de ensino da Ugie.
A meta da Seduc é que, em cada décimo dia letivo do mês posterior, a Ugie tenha o balanço de cumprimento do mês anterior e, se houver necessidade, será feita a correção dentro do ano. Nesse trabalho de monitoramento, ainda serão utilizados os diários de classe, por conterem o passo a passo das aulas e de todas as atividades pedagógicas desenvolvidas, e os livros de frequência.
Parceria Seduc e Mobieduca.Me
“Na perspectiva de agregar mais parceiros, temos conseguido combater a evasão escolar e envolver os pais”, essa é a primeira fala de Ana Rejane, diretora da Ugie, ao ser indagada quanto à avaliação do sistema Mobieduca.Me, desde que foi implantado nas escolas da rede estadual de ensino.
O Mobieduca.Me é um sistema que dispara uma mensagem SMS contendo o registro da vida do aluno para os pais, que ficam cientes de tudo que acontece com seus filhos. Eles sabem se o aluno ficou na escola, se teve ocorrência de violência ou algum tipo de comportamento inadequado.
“Antigamente, os pais eram chamados na escola apenas para receber a reclamação e dizer que o filho estava em recuperação ou reprovado. Hoje, os pais são convidados a participar do dia a dia e a ajudar a escola nesse processo educativo. É preciso agregar todos os atores para garantir que os alunos, no interior da escola, estejam realmente em situação de aprendizagem e estejam em um ambiente protegido em que a família saiba que pode deixar seu filho ali, pois ele estará em boas mãos”, destacou Ana Rejane.
Fonte: Ccom
MARIVALDO LIMA

NA POLICIA E NAS RUAS


Não vire noticia se envolvendo com a policia
O plantão noturno da central de flagrantes desta quarta-feira(04/05) recebeu dois casos de prisão em Flagrante creditados nos crimes de violência doméstica/furto, seguido de lesão corporal e a outra por violação de domicilio.

Uma patrulha da policia militar comandada pelo sargento Clemente foi acionada por volta das 20hs 30 para atender uma ocorrência de furto em uma residência no conjunto Dom Rufino III. Ao chegar no endereço, a patrulha foi informada pela vítima de que o furto foi praticado pelo seu companheiro, ora identificado como sendo o nacional Francisco Wallison dos Santos, de 22 anos, residente no bairro Alto Santa Maria.

Os militares localizaram o acusado e encontraram um dos objetos em posse de um sujeito residente naquele mesmo conjunto, o qual teria comprado o objeto sem saber à sua real procedência.

Em consequência dos fatos, o caso foi levado para central de flagrantes.

Francisco Wallison deu entrada na central de flagrantes com o braço direito lesionado por arma branca. 
José Nascimento dos Santos, o Zezinho, de 22 anos, foi preso por volta das 21hs por uma guarnição da policia militar comandada pelo sargento Marcos, acusado de invadido a residência de sua tia localizada na projetada 101, bairro Vazantinha, na Ilha Grande de Santa Isabel.

Com a chegada da policia no endereço, Zezinho foi dominado e preso no quintal da casa em questão. O caso foi levado ao conhecimento do delegado Rodrigo Luna, o qual autorizou o cartório daquela distrital, lavrar o procedimento criminal em torno do caso. 
OUTRO CASO
Um adolescente de 15 anos foi apreendido no inicio desta madrugada de quinta-feira(05/05), acusado de ter ameaçado a base de faca sua companheira grávida. O fato aconteceu na rua Paraná, bairro Bebedouro. 

A suposta vítima disse à policia que não era nada demais, apenas briga de casal. A faca utilizada na ameaça foi encontrada pelos policiais pertencente ao adolescente. 

O menor foi levado para central de flagrantes acusado de ameaça de morte após relatos de testemunhas.

Fonte:litoralnoticias.com
MARIVALDO LIMA

Fla iguala recorde de derrotas antes de iniciar Brasileiro nos pontos corridos

Juan, Paulo Victor - Fortaleza x Flamengo (Foto: LC MOREIRA/ESTADÃO CONTEÚDO)

Ao contratar Muricy Ramalho, técnico tetracampeão brasileiro, e outros 10 reforços, o Flamengo entrou em 2016 com expectativa de fazer um grande ano. O início, porém, é bastante negativo e já fez o clube igualar seu recorde de derrotas antes de começar a disputa de um Campeonato Brasileiro na era dos pontos corridos: sete em 25 jogos. Em 2005, o Rubro-Negro também perdeu sete vezes, mas em menor número de partidas: 20.
O Fla, aliás, estreia no Brasileirão no próximo dia 14, em Volta Redonda, contra o Sport.

Entre os algozes do Flamengo em 2016, somente o recém-promovido Santa Cruz (3x1) e o Atlético-PR (1x0) estão na Primeira Divisão. Vasco (1x0 e 2x0), da Série B, Confiança (1x0) e Fortaleza (2x1), da C, e Volta Redonda (1x0), atualmente na D, completam a lista. Do grupo que disputa séries inferiores, somente o Cruz-Maltino e o Leão do Pici têm tradição nacional, evidentemente com os cariocas muito acima do tricolor cearense em termos de história.

Em 2016, são seis derrotas em jogos oficiais e uma em amistoso. Em 2005, aconteceu o mesmo. 
Em 2005, um dos anos mais vergonhosos da história do futebol rubro-negro e no qual o clube escapou do rebaixamento por um triz, os "vilões flamenguistas" eram de menor expressão: novamente o Volta Redonda, que bateu o Fla duas vezes (1x0 e 2x1), Americano (2x1), Olaria (3x0) e Cabofriense (2x1) integravam a turma. Grandes só Fluminense (4x1) e Ceará (2x0).

Apesar de igualar o número de derrotas, a campanha atual é bem superior à da registrada em 2005. Nesta temporada, são 12 vitórias, sete derrotas e seis empates. A outra é composta por sete vitórias, mesmo número de derrotas e seis empates.

Confira o número de derrotas do Fla antes de iniciar o Brasileiro desde 2003:
2015 - 2 em 25 jogos
2014 - 4 em 25 jogos
2013 - 3 em 20 jogos
2012 - 6 em 27 jogos
2011 - 1 em 27 jogos
2010 - 5 em 27 jogos
2009 - 2 em 24 jogos
2008 - 5 em 28 jogos
2007 - 6 em 24 jogos
2006 - 6 em 18 jogos
2005 - 7 em 20 jogos
2004 - 4 em 21 jogos
2003 - 5 em 16 jogos

*O GloboEsporte.com considerou somente a era dos pontos corridos, pois em edições anteriores o Brasileirão começava no segundo semestre, o que elevava consideravelmente o número de jogos antes do início da competição nacional mais importante.
Fonte: globo.com
MARIVALDO LIMA

Libertadores: Corinthians empata e cai pela 5ª vez seguida em Itaquera

Precisando de uma simples vitória, o Corinthians foi eliminado, mais umaz vez, em mata-mata dentro de casa. Lucca e Marquinhos Gabriel marcaram os gols alvinegros.
Friedemann Vogel/Getty Images
E novamente, a equipe treinada por Tite perdeu um pênalti que poderia lhe dar a classificação. Com o resultado, os alvinegros colecionam a 5ª eliminação seguida decidida em sua Arena.
Equilíbrio. Essa talvez seja a palavra que o técnico Tite mais gosta de usar no seu vocabulário. E assim foram os primeiros 45 minutos em Itaquera. No entanto, a equidade de forças só veio no decorrer do jogo, já que com 5 minutos, o Nacional mostrou que não veio a São Paulo para conhecer a Arena. A zaga alvinegra vacilou na bola área, e Nico López aproveitou a rebatida de Cássio para abrir o placar.
O Corinthians não entrou em pânico e logo conseguiu o empate.Aos 14, Lucca aproveitou o pivô feito por André e a falha da zaga uruguaia para bater rasteiro e empatar o jogo. Mesmo com o resultado a seu favor, quando o Nacional causava calafrios na Fiel quando usava a bola aérea. Por sua vez, o Timão esteve tão perto do segundo gol quando os visitantes. Mas seus arqueiros garantiram o justo 1x1 na primeira etapa.
Assim como no primeira tempo, o Corinthians apresentava um buraco no meio de campo do tamanho de Itaquera. Detentor de 3 títulos da competição, o Nacional mostrou ao Corinthians que não basta ser bom em pontos corridas. Em Libertadores tem que ser copeiro. E o Bolso chegou ao 2º gol com Romero aos 11 minutos, após Giovani Augusto entrar com o "pé mole" em uma dividida.
A Arena Corinthians que era só festa antes do jogo começar, virou um imenso cemitério de desilusões quando  faltando aos 38, o alvinegro teve a chance de empatar com um pênalti marcado em cima de Marquinhos Gabriel. André foi para a cobrança. Foi. Parou no meio do caminho. Pensou e bateu tão fraco que Conde fez  defesa tranquilo e calmo. Em mais um pênaltio marcado aos 45 do 2º, Marquinhos Gabriel empatou para o Timão.
Como não poderia faltar em mais uma eliminação do Corinthians em casa, na Copa Libertadores, Fágner ainda encontrou tempo para ser expulso. Para torturar a fiel torcida, no último minuto de acréscimo, Angel Romero recebeu cruzamento na área e tocou. Assim como o chute, a classificação do Corinthians foi para fora.

Fonte: GOAL
MARIVALDO LIMA